Gruta da Estrela Azul

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Tempo de leitura: 4 minutos

Índice

Gruta da Estrela Azul

Abrigo da Estrela Azul

Histórico: O abrigo, conhecido por moradores pioneiros da área, tornou-se mais conhecido quando visitado por professores da UFMT- Universidade Federal de Mato Grosso e o historiador Wilson Ferreira de Oliveira, que o divulgaram a seus alunos.

O abrigo: É um abrigo raso sob-rocha, constituído por bloco rochoso sedimentar, com cavidade cujas dimensões são 3 metros de largura; 3 metros de comprimento; e 3 metros de altura. No interior há um plano mais alto, uma plataforma semelhante a um banco, que acompanha a parede do lado direito do abrigo, donde se pode observar no centro um painel com uma única pintura rupestre ladeada por traços sulcados e pintados de preto e uma gravura que representa um rosto.

No lado oposto, na parede do lado esquerdo do abrigo, encontram-se gravuras de círculos concêntricos, menores que os círculos da pedra Simeão Arraya.

Localização: O abrigo situa-se no topo da Serra do Roncador, a 100 metros da estrada que conduz à propriedade coletiva da Associação Pró Vespertina, distando 15 quilômetros de Vale dos Sonhos, 75 quilômetros de Barra do Garças e 625 quilômetros de Cuiabá.

O Meio Ambiente: A área apresenta uma vegetação típica de altitude, mas composta por cerrado, sendo uma vegetação mais exuberante, com predomínio de árvores maiores, cujos troncos não retorcidos, convivem com arbustos, num solo pedregoso, pobre, porém úmido, pela presença de pequenos veios d’água que brotam das rochas.

Tipo de sítio: O abrigo situa-se em área alta, exposto à erosão. É um sítio de altitude, misto e defensivo, contendo pintura de tamanho médio em painel único e gravuras. O interior do abrigo é limpo, livre de vegetação e o espaço decorado é organizado, lembrando um ‘santuário’, ou um ‘altar’ e acima deste, a arte rupestre na parede com equidistante simetria.

Vestígios pré-históricos e ocupação humana: Excetuando a pinturas rupestres, pouco se pode supor sobre a presença humana no local, devido a ausência de vestígios arqueológicos visíveis.

Uma correta interpretação carece de escavações dentro e fora do abrigo, conhecendo-se então, a freqüência humana no local.

Arte rupestre: O inventário da arte rupestre encontrada no abrigo da Estrela Azul é composto de um painel e gravuras isoladas. Quanto à disposição, existe um painel lateral com 1 metro de comprimento, composto por uma grande pintura rupestre ladeada por traços verticais pintados e gravuras picotadas e polidas.

Elaboração dos grafismos: O único painel de pinturas rupestres situado na parede lateral à direita do abrigo, é composto por uma figura que lembra um cometa e traços, executados por alguém sentado na bancada que fica abaixo do mesmo. O traço dos desenhos é grosso, como se fosse ‘pintados’ com os dedos, e possivelmente, utilizaram jenipapo, manganês, carvão vegetal ou ossos queimados, por apresentarem a coloração azul escuro, caracterizando uma pintura que foi feita outrora, na cor preta.

A ‘ordenação’ não é visível nas poucas repetições de formas, e nem fica evidente a formação de uma seqüência que pudesse formar cenas representando um conjunto significativo.

Temática: O grafismo do abrigo da Estrela Azul está representado pela categoria de figuras astrais, apresentando-se muito semelhante a um cometa estilizado. Esta figura azulada mede aproximadamente 50 cm de comprimento por 12 cm de altura. Segundo guias turísticos da região, é a representação de um “calendário de passagem de cometas” visíveis na área.

Convenções estilísticas: A perspectiva do desenho está tipificada por um perfil fotográfico, uniangular, como se quem executou o motivo da pintura, o realizou conforme o viu.

Fonte: PROFESSORA NINA TERESA DE OLIVEIRA DOLZAN

Gostou deste artigo? Compartilhe 👇 com os amigos! Aqui você encontra sempre conteúdo de qualidade!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on telegram
Share on whatsapp
Classificação:
4/5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar: 👇

VEJA AGORA O FILME

 Enigmas da Serra do Roncador